Os “nãos” que podem mudar a sua vida

Os “nãos” que podem mudar a sua vida

Ouvir um “não” pode ser algo bastante frustrante, ainda mais quando você está batalhando para conquistar os seus objetivos. Eu já passei por algumas situações em que a negativa recebida mexeu muito comigo e posso te dizer que não é nada fácil superar esses momentos.

Junto com a frustração, é comum pensarmos que é melhor parar e desistir, afinal uma pessoa já disse que não daria certo. Mas, será que todas as pessoas que alcançaram o sucesso receberam apenas “sins” durante a trajetória? Receber um “não” pode ser um impulsionador para você mudar para melhor?

Te convido para conhecer na sequência deste artigo, o poder que os “nãos” podem ter em nossas vidas. Venha, vai ser muito interessante!


O “não” e o sucesso

Deixei uma pergunta no início do artigo sobre a caminhada das pessoas que alcançaram o sucesso, questionando se elas receberam somente “sins”. Boa parte dos profissionais que se destacaram em suas carreiras passaram por momentos difíceis e de rejeição. Eu listei algumas histórias que eu uso como inspiração e achei interessante compartilhar com você.

Oprah Winfrey: uma das apresentadoras mais famosas do mundo foi demitida, aos 22 anos, por ter sido considerada “inadequada” para trabalhar no meio artístico.

J.K. Rowling: não foi um “não”, mas sim 12 “nãos” recebidos por J.K. Rowling que buscava editoras para publicar o best-seller Harry Potter e a Pedra Filosofal.

Stephen King: 30 editoras rejeitaram O manuscrito de Carrie, primeiro romance de Stephen King, outro livro que se tornou best seller ao receber um “sim”.

Lady Gaga: a grande estrela do pop foi demitida de uma renomada gravadora três meses após assinar o contrato. O sucesso veio dois anos depois, quando a cantora lançou seu primeiro disco, The Fame (2008), conquistando fãs em todo o mundo.

Sidney Poitier: o primeiro negro a ganhar o Oscar de melhor ator no filme Uma Voz Nas Sombras (1963) foi recusado para um papel no teatro. A negativa veio acompanhada de um comentário devastador do diretor, que disse para ele não ficar desperdiçando o tempo dos outros, indicando que o ator procurasse lavar pratos ou algo do tipo.

Eu me motivo todas as vezes que relembro trajetórias como as que apresentei acima para você. O caminho pode ser difícil, com perdas, erros e acertos, mas a vitória é sempre possível.

 

Saber dizer “não” também é importante

Vimos que o “não” pode doer, mas ele não é um impeditivo para os nossos sonhos, pelo contrário, muitas pessoas usam essa experiência para evoluir e se motivar ainda mais.

Mas, você já parou para pensar que saber dizer “não” também é importante para conquistar o sucesso, principalmente no âmbito profissional?

Falar “sim” a todo o momento pode gerar uma imagem de “bonzinho”, mas também pode ser algo bastante prejudicial para o seu progresso. No ambiente de trabalho, por exemplo, uma pessoa que fala “sim” para tudo pode ser utilizada como escada por outros colaboradores.

Além disso, quando você não se posiciona sobre algo, é comum sofrer com a sobrecarga de trabalho, afinal você sempre está disposto a parar suas atividades para atender os outros.

Não quero dizer que você tenha que ser uma pessoa que vive disparando “nãos” por aí. Na verdade, o meu intuito é estimular o seu poder crítico sobre as situações. Antes de pensar em agradar o próximo dizendo “sim”, veja se isso não irá comprometer os seus compromissos.

Caso realmente não atrapalhe, diga “sim” sem medo, ajudar o próximo é muito importante. Entretanto, se isso for lhe prejudicar, peça desculpas para a pessoa, diga que naquele momento você não pode ajudá-la por conta de suas tarefas.

Saber ouvir e falar “não” e reagir de forma positiva em ambas as situações é muito importante para quem almeja traçar um caminho vencedor. Não estou dizendo que isso é fácil, mas quando você está preparado para esses momentos, o desafio se torna algo possível de ser superado.

E você, já ouviu muitos “nãos”? Tem dificuldade em dizer “não” para outras pessoas? Compartilhe as suas experiências conosco, será um prazer aprender com os leitores do blog.

A gente se fala no próximo post!

Escreva um comentário