Os Benefícios de Pedalar

Os Benefícios de Pedalar

Como atividade física ou meio de transporte, a bicicleta proporciona condicionamento físico, equilíbrio e alívio do estresse.

Com as facilidades da vida moderna, o sedentarismo ganha cada vez mais espaço no dia a dia, gerando ou agravando problemas de saúde.

Manter uma dieta equilibrada e introduzir a atividade física na rotina são premissas básicas para ficar longe das doenças.

“Exercícios simples, como caminhar ou andar de bicicleta, ajudam a prevenir doenças crônicas como obesidadecolesterol alto e hipertensão”.

O ciclismo traz benefícios físicos e emocionais, contribuindo muito para a qualidade de vida. Como atividade aeróbica, gera perda de peso, ajuda a equilibrar a pressão e os níveis de triglicérides. Também trabalha equilíbrio e confiança, além de relaxar e combater o estresse. Praticada com bom senso e na medida da forma física de cada um, a atividade quase não tem restrições.

Até usada como meio de transporte a bicicleta é boa para a saúde. Muita gente busca essa alternativa de locomoção e acaba ganhando fôlego e bem-estar. Chegar ao escritório pedalando traz muito mais disposição para seu dia.

• Saúde e vida mais longa

A atividade física regular previne doenças cardíacas e AVCs, hipertensão, ajuda a controlar o diabetes, aumenta a resistência aeróbica, reduz a obesidade, ativa a musculatura de todo o corpo, diminui a ocorrência de doenças crônicas, faz bem para a saúde do idoso e aumenta o tempo de vida. Adotar a bicicleta em seus deslocamentos é uma maneira simples (e barata) de encaixar essa atividade física no seu dia a dia.

 • Os resultados físicos são visíveis

Há aumento de massa muscular, queima de calorias e melhoria da capacidade respiratória. É uma academia ao ar livre, mais prazerosa e sem a sensação que muitas pessoas têm em relação a atividades físicas, quando elas são realizadas apenas com o objetivo de perder peso ou melhorar a aparência. Nesses casos, o exercício passa a ser encarado como uma obrigação e não um prazer, o que causa uma taxa de desistência muito grande (não é à toa que as academias hoje em dia obrigam a pagar algumas mensalidades antecipadamente na inscrição).

 • Sensação de liberdade

Não há nada que pague passar tranquilamente de bicicleta por aquela fila de carros parados no congestionamento, não se sentir imobilizado no trânsito, ter 360º de visão, poder olhar o chão e o céu, notar casas, pessoas, cheiros, sons, árvores e pássaros, sentir o sol na pele, o vento no rosto… Precisa mais?.

•  Economia de tempo

Levo sempre 30 minutos no trajeto do trabalho até em casa, tendo trânsito ou não, com chuva ou com sol, em qualquer horário. De carro, esse tempo chegava a uma hora e meia, nos piores dias. Cheguei até a levar duas horas de carro nesse mesmo trajeto, em um dia de chuva! Os Desafios intermodais realizados em várias cidades do país comprovam que a bicicleta é bem mais rápida que o carro nas grandes cidades nos horários de pico.

 • Economia de dinheiro

Combustível, estacionamento, flanelinha, seguro, IPVA, troca de óleo, balanceamento, mecânico, funilaria, retoque na pintura… Tudo isso fica para trás. E as peças e eventuais reparos de uma bicicleta têm custo muito baixo, principalmente se comparados com os de um automóvel. O investimento para adquirir o veículo também é muitíssimo menor.

 • Menos stress no trajeto

Um sinal que abre e fecha três vezes, vinte metros à sua frente, permitindo a passagem de menos de meia dúzia de carros, não há quem aguente…

 • Mudança no humor

Além da diminuição do stress relacionado ao trânsito, as endorfinas liberadas pelo exercício contribuem para um relaxamento muscular e mental que faz os praticantes de atividade física regular verem a vida com outros olhos. O humor melhora tanto no trabalho como em casa. E um relacionamento melhor com os colegas proporciona um ambiente de trabalho mais agradável para todos.

 •  Produtividade no trabalho

A produtividade no trabalho aumenta, em decorrência do melhor humor e da diminuição do stress. A cabeça tranquila permite um melhor julgamento em situações críticas.

 • Menor preocupação com assaltos

Por incrível que possa parecer, ficamos muito mais tranquilos na bicicleta do que dentro de um carro em relação a assaltos. Se você vir uma pessoa com atitude suspeita perto de onde parou para esperar o sinal abrir, estando de carro só é possível rezar; na bicicleta, há uma visão muito abrangente do que está em volta, o que permite identificar rapidamente alguém com atitude suspeita, evitando o confronto. Além do mais, não dá para fazer sequestro-relâmpago com ciclista.

• Não polui o ar que nossas crianças respiram

Em São Paulo, a poluição mata indiretamente vinte pessoas por dia, agravando e acelerando problemas como infarto, acidente vascular cerebral, pneumonia, asma e câncer de pulmão. E 90% das emissões de poluentes em São Paulo é causada pelos veículos automotores. Cálculos rápidos: 90% de 20 mortes diárias significa que o uso de veículos motorizados causa 18 mortes por dia nessa cidade. E 85% da frota da capital paulista é composta de motos e carros, resultando em mais de 15 óbitos por dia decorrentes da escolha que as pessoas fazem na hora de se locomover.


Com mais de 15 anos de experiência, Bianca Vilela é graduada em Educação Física pela UNESP, pós-graduada em Fisiologia do Exercício e mestre pela Escola Paulista de Medicina. Ela é fundadora e diretora da empresa Bianca Vilela Saúde Corporativa.

Equipe Bianca Vilela Saúde Corporativa.

Escreva um comentário