Quem foi o seu profeta?

Quem foi o seu profeta?

Sabe aquele produto milagroso? Aquele serviço mágico, de resultados instantâneos e automáticos? Então, hoje é muito comum (e de fácil acesso) serem oferecidas as receitas milagrosas para o sucesso rápido em diversas áreas como: “Emagreça 18kg em 7 dias”; “Master Coach em 10 horas”; “Hair ‘X’ seus cabelos regenerados em uma lavada”; “Seja o líder perfeito e comece a ganhar dinheiro abrindo sua empresa em 1 mês” e por aí vai…

O grande problema, além do prejuízo financeiro com gastos inúteis, é o prejuízo “mental”. Isso mesmo, nossa mente sofre danos terríveis com os fracassos e tentativas frustradas que nos levam a crer que não somos capazes, gerando uma mentalidade limitante e irreal. Mas não devemos nos sentir totalmente culpados pelos erros nestes casos.

Vamos dividir a culpa em “3” e daqui por diante tentar não cair em promessas não cumpridas.

Divisão da culpa

1º Você | 2º Seu Cérebro | 3º O Profeta (Vendedor ou Representante)

Vamos aos culpados:

1º Você: Somos, por natureza, preguiçosos. Procuramos sempre ir pelo caminho mais curto. Costumo dizer que o ser humano deseja ter uma bela “macarronada da mama” da mesma forma que um macarrão instantâneo de micro-ondas.

E outro fator perigoso é com relação à nossa falta de memória, pois tentamos um processo “milagroso” que não deu certo, e aí o que fazemos?

Procuramos outro milagre ao invés de percorrer o caminho correto que, em sua grande maioria é o mais trabalhoso, porém, é o que envolve construção de resultados e não o “prato feito”.

2º Seu Cérebro: Na “PNL” (Programação Neurolinguística) aprendemos que nosso cérebro, além das milhares funções que já detém, possui uma bem específica que é a de fazer com que nosso corpo economize energia. Isso ocorre através do desenvolvimento dos nossos hábitos diários, fazendo com que as opções mais fáceis sejam, por função, as melhores. Por outro lado, nosso cérebro tem como ferramenta a construção e aprendizagem através da sinapse e das áreas cognitivas que nos faz sempre aprender, desenvolver e construir coisas novas.

3º O Profeta – Vendedor ou Representante: Não podemos inocentar o autor do milagre, aquele que faz a “mágica”, pois muitas vezes, ele não está mal-intencionado, mas em outras vezes sim, ele está.
O problema é que a receita do sucesso oferecida pode até dar certo, mas para um grupo pequeno e específico, não para o público geral, como dizem.

Sempre é propagado algo como muito simples, fácil e sem nenhuma restrição para todo e qualquer ser humano. Entendemos que todos somos capazes e podemos sim, realizar feitos incríveis, mas o que não se fala é que toda pessoa é única e que cada uma tem sua forma de aprender, desenvolver e realizar.

Outro grande pecado cometido pelos “Profetas do Sucesso” se chama “Gatilho do Imbecil”, que é de extremo mau gosto, é uma ferramenta muito usada por alguns vendedores e representantes.

Por exemplo: algo que está na “moda” há um tempinho é o “coach”. Hoje, todo mundo pode se tornar um “Master Coach” em dois dias, segundo os PROFETAS. Porém, esta formação requer, em média, dois anos de estudo, além de outros tantos em especializações e experiências.

O “Gatilho do Imbecil” diz e faz entender que tudo é muito simples e necessário, e que se você não fizer parte você não serve para o mercado corporativo moderno, fato esse que não é verdade.

Essas promessas são criminosas no campo do fator humano e perigosas para todos nós, tanto para quem atende quanto para quem será atendido. Enfim, a grande sacada não é simples, tampouco fácil.

Para se alcançar resultados positivos em qualquer campo da vida é necessário: EstudarPraticarAvaliar. Tudo isso com muita determinação e disciplina, além de aprender a renunciar a hábitos ruins, como a preguiça e a impaciência.

 

Seja você o “Profeta” do seu sucesso, a ferramenta para que isso aconteça se chama “Planejamento”.

Escreva um comentário