Paulo Azevedo

Ator

Paulo Azevedo Motiveação Palestras

Paulo Azevedo nasceu no dia 29 de outubro de 1981. Sem aviso, e após uma gravidez de oito meses, a ainda adolescente Clara via-se com um filho diferente nos braços. O bebé não tinha mãos nem pernas e os médicos teciam um cenário negro para o seu futuro. O choque foi tremendo mas a coragem e determinação venceram. Nunca escolheu o caminho mais fácil e com a ajuda da sua família e amigos, aprendeu a aceitar-se e lutar para ser uma pessoa autónoma e independente.

Ator de profissão, realiza ações de coaching e palestras motivacionais nas quais fala da sua experiência e como das fraquezas faz a força que o tornou um profissional realizado e sem as barreiras que a sua aparência e limitações físicas poderiam causar.“… quero mostrar ao Mundo que SER DIFERENTE NÃO É SINONIMO DE SER INFERIOR ”

Começa no teatro com Tozé Martinho como protagonista da peça de Gil Vicente “O Monólogo de Vaqueiro” e “As Troianas” de Jean Paul Sartre. Atualmente faz parte da companhia de Teatro Locomotiva. Participou em várias novelas do canal SIC nomeadamente “Rosa Fogo”, Sol de Inverno” e “Os nossos dias” no canal RTP.A nível desportivo, foi atleta paralímpico de natação, joga futebol e pratica bodyboard.

Em 2016 participou na maratona de Nova York tendo cruzado a meta em 2º lugar na sua categoria. Especializou-se em motivação de plantel no Real Madrid sob orientação de José Mourinho. O bom humor é característica dominante, tendo sido recentemente convidado especial do Talk Show “A Banheira das Vaidades” com António Raminhos.

“A Palavra é Superação! – Paulo Azevedo”

 

 

< < Clique aqui e veja outros Palestrantes de Motivação > >

Download Perfil

Uma Vida Normal – Paulo Azevedo nasceu no dia 29 de outubro de 1981. Sem aviso, e após uma gravidez de oito meses, a ainda adolescente Clara via-se com um filho diferente nos braços. O bebé não tinha mãos nem pernas e os médicos não auguraram nada de bom. O choque foi tremendo. Mas a fé, a coragem e a determinação foram maiores. Com a família, que o protegeu mas nunca o escondeu, o Paulo aprendeu a aceitar-se e a lutar para ser uma pessoa autónoma e independente. Sem mãos e sem pernas, o Paulo tem hoje uma vida normal.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *