Lars Grael

Velejador

Lars Grael Motiveação

Lars Grael é velejador. Oriundo de família tradicional no iatismo brasileiro, Lars é irmão de Torben Grael. Participou de quatro Jogos Olímpicos, entre Los Angeles 1984 e Atlanta 1996, na classe Tornado. Ganhou medalhas de bronze em duas edições, Seul 1988 tendo como proeiro Clinio Freitas, e Atlanta 1996 com Kiko Pelicano, em ambos conquistando o pódio apenas na última regata – e com más condições climáticas na primeira. Antes de ser deca campeão brasileiro e pentacampeão sul-americano da Tornado, foi campeão mundial da classe Snipe em 1983 na cidade do Porto.

Em setembro de 1998, Grael sofreu um grave acidente em Vitória, causado pela imperícia e irresponsabilidade do comandante de um iate, o que causou a mutilação de uma das pernas do atleta. O velejador teve que se afastar da prática esportiva por algum tempo.

Passou a dedicar-se ao fomento do desporto a partir de uma outra perspectiva: a política, exercendo cargos nos governos federal e de seu estado natal. Em 1998 foi convidado pelo então Presidente da República Fernando Henrique Cardoso a ocupar o cargo de Secretário Nacional de Esportes no então Ministério do Esporte e do Turismo. Exerceu também o cargo de Secretário Estadual da Juventude, Esporte e Lazer na gestão de Geraldo Alckmin no governo São Paulo, que ocupou até março de 2006.

Atualmente, Lars Grael voltou a dedicar-se exclusivamente à vela. Voltou a velejar na classe Star com o proeiro Marcelo Jordão, classificando-se em terceiro lugar no campeonato brasileiro de 2006. Comandou também o barco Agripina/Asa Alumínio, campeão do Campeonato Brasileiro da classe Oceano 2006. Em 2008 disputou a seletiva olímpica brasileira na classe Star para a Olimpíada de Pequim, porém foi derrotado pelo favorito Robert Scheidt. Após o retorno a vela Lars Grael se tornou um expoente na Classe Star.

Hoje Lars é presidente mundial da ISCYRA, bicampeão da Bacardi Cup e hexacampeão Brasileiro da Classe, ficando atrás apenas de seu irmão Torben Grael que possui sete títulos brasileiros.

“Não existe oceano maior que a determinação humana. – Lars Grael”

 

 

< < Clique aqui e veja outros Atletas Paralímpicos > >

Download Perfil

Livro---A-saga-de-um-campeãoA saga de um campeão – Três anos após o acidente em Vitória, um dos maiores expoentes do iatismo brasileiro, Lars Grael, conta toda sua trajetória em ‘A Saga de Um Campeão’. A obra é mais do que um panorama dos caminhos do esporte brasileiro, é um retrato de um ser humano convicto e apaixonado pelo esporte e pela vida. A história do iatismo no Brasil e a saga da família Grael, a luta pela reabilitação, os exemplos de superação de deficientes físicos, a importância do esporte para a cidadania. Tudo isso foi reunido pelo atleta que é a personificação da garra e determinação de um ser humano.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *