Celso Freitas

Jornalista e apresentador

Celso Freitas - motiveação

Celso Freitas iniciou sua carreira no rádio, em Santa Catarina, aos 16 anos. Servindo na Polícia do Exército, em Brasília, chamou atenção pela sua voz e foi, por meio de um coronel do exército, convidado para apresentar a parte local do Jornal Nacional; na Rede Globo.

Celso ficou em Brasília até 1976, quando foi transferido para a sucursal paulista da emissora, apresentando os blocos locais do Jornal Nacional e do Jornal Hoje; ao mesmo tempo em que cursava jornalismo na Faculdade. Em 1983, é chamado para substituir apresentando o Jornal Nacional juntamente com Cid Moreira por seis anos. Logo após, Celso passa a apresentar o Fantástico e o Globo Repórter, este último já apresentado temporariamente por ele várias vezes. Mostrava ser um profissional multimídia antenado com os avanços da tecnologia; desenvolvendo soluções de comunicação empresarial na criação, apresentação e produção, paralelamente à carreira de apresentador da Rede Globo.

Celso Fetas também produz programas como o Hipermídia, exibido pelo canal GNT, um dos primeiros a tratar da informática de maneira descomplicada. Outro programa de sucesso produzido por Celso é o Tribos e Trilhas, em parceria com a repórter Neide Duarte, exibido na TV Cultura. Na mesma época, torna-se a “voz-padrão” da rádio CBN, permanecendo no cargo até sua mudança para a Rede Record.

Celso ficou nas bancadas do Fantástico e do Globo Repórter até 1997, quando passa a apresentar vários programas da recém-criada GloboNews, como o Arquivo N e o Via Brasil. Um ano depois, substitui o ator Tony Ramos na bancada do programa interativo Você Decide, na qual permanece um ano. Celso passou a fazer locuções para o Fantástico e a apresentar o Globo Repórter nas folgas de Sérgio Chapelin, além de gravar alguns discos com trechos da Bíblia, com Cid Moreira. Ainda na Rede Globo, Celso fez um documentário sobre a memória de Roberto Marinho.

Em 2004, aceita convite da Rede Record para apresentar o Domingo Espetacular, programa similar ao Fantástico, no qual permanece até por dois anos, quando passa a apresentar o Jornal da Record; num novo formato similar ao JN apresentado por Celso durante tanto tempo. Paralelamente ao Jornal da Record, Celso também apresentou, até 2009, o Repórter Record e o Entrevista Record – Bastidores da Notícia, na Record News, até 2012.  Alem do Jornal da Record Celso também apresenta desde 2015 o programa jornalístico Repórter em Ação.

“Celso Freitas é um dos mais experientes repórteres da televisão brasileira.”

 

 

< < Clique aqui e veja outros Palestrantes de Jornalismo > >

Download Perfil

Não há livros para este profissional.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *