Incentive os intraempreendedores da sua empresa a mostrarem seu talento.

Incentive os intraempreendedores da sua empresa a mostrarem seu talento.

Quem já não conviveu com aquele colega de trabalho que está sempre apresentando ideias novas, propondo melhorias nos processos internos, parece ter uma motivação extraordinária na empresa e não desiste diante das dificuldades? Esse é o perfil de um intraempreendedor, tradução do inglês da expressão intrapreneur, termo criado em 1985 por Gifford Pinchot III para denominar aquela pessoa com uma grande iniciativa que a leva a realizar tarefas e superar obstáculos no seu dia a dia. Para ela não existe tempo ruim.

A essência que descrevemos acima é a mesma que tem o empreendedor típico, a diferença é que o intraempreendedor é funcionário de uma empresa e coloca toda sua habilidade de acordo com as regras e normas estabelecidas pela companhia. Não poderia ser diferente, porque senão, ele iria ultrapassar limites e deixaria de ser um colaborador eficiente e se tornaria insubordinado.

A capacidade da pró-atividade identificada no intraempreendedor é uma das características que as empresas mais valorizam em seus funcionários, pois revela interesse pela atividade, criatividade na execução, capacidade de análise, atitude colaborativa e raciocínio crítico. Tais atributos, aliados à iniciativa pessoal, são capazes de identificar possíveis vulnerabilidades e prever com antecedência pontos frágeis nos processos internos.

Como identificar esse talento no colaborador
Se você é um gestor ou está na posição de funcionário e acha que tem esse perfil, aqui vão algumas características especiais que podem identificar se você, ou o seu colega de trabalho, é um intraempreendedor nato:

  • É apaixonado por sua atividade e faz tudo com nítida satisfação
  • Não repudia novas ideias, por mais estranhas que possam parecer. Ouve com atenção, assimila seu conceito principal para poder colocá-lo em prática
  • Consegue por sua criatividade e ousadia em ação para obter os melhores resultados
  • Analisa os processos internos e encontra novas oportunidades para poder melhorar os pontos que considera falhos
  • Mesmo diante das adversidades iniciais, é persistente até conseguir fazer do jeito que acha o mais assertivo
  • É autoconfiante e tem um grande poder para contagiar os demais para que todos possam contribuir
  • É o primeiro a tomar a inibitiva, mesmo sem ser designado para tal tarefa
  • Tem uma inquietude natural que não o deixa em sua zona de conforto diante das situações

Como propiciar um ambiente favorável
Mas de nada adianta identificar as pessoas com espírito intraempreendedor na equipe se o ambiente não é favorável para que se desenvolvam plenamente. Organizações muito rígidas, com regras inflexíveis, conseguem inibir até o colaborador mais motivado e bem-intencionado. Por isso, é importante que o gestor estimule as habilidades do intraempreendedor e se mostre aberto às suas propostas.

Um bom começo é abrir um canal direto de comunicação para ouvir as sugestões. Por que não criar uma campanha interna de incentivo para que os colaboradores apresentem suas ideias? Pode ser a chance de revelar talentos ocultos e mostrar que a empresa se importa com iniciativas que tragam resultados positivos a toda equipe. Há ganhos até para a imagem corporativa, que irá mostrar uma gestão moderna e democrática, onde cada um tem voz para propor inovações.
Fontes: Wikipédia / Comunidade ADM / Mercado & Consumo

Escreva um comentário